O DILEMA DOS PORQUÊS...*

Quando for uma pergunta, é separado:
- Por que você não veio ontem?

Quando for justificativa, é junto:
- Não vim porque eu não estava me sentindo bem...

Quando for a mesma coisa de "por qual razão/motivo", é separado:
- Não me olhe assim... Eu mesmo confesso por que (por qual motivo) não estava me sentindo bem: ontem eu bebi além da conta.

- Quando tem artigo antes, é junto e com acento:
Eu posso saber o porquê de voltar a beber? Você estava indo tão bem longe do vício...

Quando vai para o fim da frase, leva acento, seja junto ou separado:
- Quer mesmo saber por quê? Pra lembrar por que (por qual razão) eu tinha parado...


*Tópico sugerido por Elaine Evangelista e Ana Paula Foroni.

Comentários

  1. O problema é decorar/memorizar tudo isso pra poder escrever adequadamente rs..às vezes eu acerto, outras não.
    Beijos!
    P.S: É ultrapassado escrever "Porém", "Aliás", "sem mais"?

    ResponderExcluir
  2. Lógico que não é ultrapassado! "Sem mais" eu acho um pouco polido demais, talvez de uso mais formal mesmo. Agora, os outros dois eu uso direto e reto, e ainda vejo bastante por aí...

    bjão,
    Lili

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

SEGUE OU SEGUEM OS ARQUIVOS?

QUE HORAS SÃO? HORA DE APRENDER AS HORAS!

ESTÁ DIFÍCIL? QUER QUE EU “AJUDE” OU QUER QUE EU “AJUDO”?