A VERDADE DÓI, MAS É NECESSÁRIA!

MENAS é igual a Papai Noel: não existe!


MENOS é o contrário de MAIS e é um advérbio. Por isso, não sofre flexão de gênero:

Menos pessoas
Menos casas
Menos perdas
Menos vezes
Menos crianças
Menos amigas
Menos gente
Menos chances...

Menos, menos, menos... SEMPRE!

Bjs e até menos... Ops. Até mais!!!



(E não mostrem este post a uma criança, hein!)

AÍ DEPENDE...

Apareceu aqui no blog uma pergunta sobre Independente e Independentemente.
Então vamos lá:

Advérbio é aquilo que muda um verbo ou a frase toda:
Priscila Fernanda falou CLARAMENTE que gosta do Alberto Paulo. (Falou de forma "clara")

Adjetivo é o que muda um substantivo:
Ela tem a pele CLARA como a neve. 

É a mesma coisa com (IN)DEPENDENTE e (IN)DEPENDENTEMENTE. O primeiro é adjetivo e o segundo é advérbio. Exemplos:

Independente, Valério Heitor soube aproveitar as oportunidades. (O moço é independente - adjetivo)
Independentemente das oportunidades, Alfredo Marcos decidiu abrir o próprio negócio. (Ele decidiu sem se importar com as oportunidades - advérbio).

A mesma coisa é com DIFERENTE e DIFERENTEMENTE:

Meu irmão é muito diferente de mim. 
Diferentemente de Amanda Angélica, Celina Carla disse tudo o que pensava.


(Onde eu arranjo esses nomes? Eu mesma me surpreendo... Acho que ando assistindo muita novela mexicana...).


*Tópico inspirado por Bianca.

O PEN-DRIVE OU A PEN-DRIVE?

Pois é...

Hoje cedo foi a pergunta de uma amiga do trabalho. A Pri.

Eu nunca tinha ouvido alguém dizer "a" pen drive, mas é óbvio que fui atrás de saber!

Enfim, pen-drive é um substantivo masculino. É um drive com o formato parecido ao de uma caneta (por isso pen). Pen é caneta em inglês; e, acho que por isso, alguns duvidam da masculinidade da palavra.

Mas é "o" pen-drive. Pode confiar.