FLUORESCENTE OU FOSFORESCENTE?*


Uns amigos queridos e divertidos me perguntaram qual a diferença entre esses dois adjetivos. Lá vai:

Fluorescência: quando algo se torna luminescente ao receber luz.
Exemplo: placas de trânsito quando recebe a luz dos faróis. Não fosse a fluorescência delas, não conseguiríamos lê-la à noite. Outro exemplo são aquelas faixas nos uniformes de motoboys.

Fosforescência: quando algo possui luminescência própria.
Exemplo: os ponteiros do relógio de pulso ou aquelas pulseirinhas coloridas das “baladas”.



*Tópico inspirado pelo Cris Tiida.

E O QUE EU TENHO A VER/HAVER COM ISSO?*

Na pergunta acima, é possível usar ver e haver, mas vai depender do contexto. Vamos lá:

TER A VER e TER A HAVER

Ter a ver = ter relação ou afinidade; dizer respeito.
Exemplo: Eu acho que o Brad Pitt não tem a ver com a Angelina Jolie!...
(Ok, confesso: é inveja!)

Ter a haver = ter algo a receber.
Exemplo: Ela tem a haver 5 mil reais de um processo ganho.

Ainda é possível encontramos TER HAVER, mas aí já faz parte da área da contabilidade. Esse "haver" quer dizer "parte de uma escrituração comercial que indica que há algo a receber". Mas é mais comum o uso no plural.
Exemplo: A família dele tem haveres. (A família dele tem bens).

Então é assim:
- O que eu tenho a ver com isso? => O que isso me diz respeito?
- O que eu tenho a haver com isso? => O que eu vou receber com isso?


*Tópico sugerido por Marilyn Jane.

ESTÁ COM DÓ DE FALAR ERRADO? CORAGEM!

Sabe quando você fala ou escreve uma palavra que parece estranha para os outros, mas está correta? Como "imprimido" ou "superlegal", por exemplo.

Aí você fala a palavra e a maioria olha feio pra você. Ou escreve-a num e-mail correndo o risco de dizerem que você não sabe português. (risos)

Pois é, há uma bendita palavrinha que requer coragem pra ser usada com a concordância correta: !

É muitíssimo comum ouvir algo do tipo "Sinto uma dó quando a vejo chorando".

Mas esse dó (sentimento de pena) é substantivo mas-cu-li-no.

Exatamente! "Sinto UM DÓ dele" ou "O DÓ que eu sinto é pela perda dele"

Eu ainda fico tensa quando falo UM DÓ na frente das pessoas. Com medo dos olhares acusadores, acabo trocando por pena. hahahaha...

Então me ajudem! Espalhem a notícia pra eu ficar mais à vontade na hora de falar!