MAS TEM QUE SER ASSIM?


Então eu pergunto: "Mas tem que ser assim?" 
Aí, me respondem: "TENQUE!"

Gostaria aqui de fazer um apelo: esqueçam esse QUE da resposta. Ele não cabe aí e a palavra TENQUE não existe.

Vamos imaginar outros exemplos de estranheza semelhante:

- Meu filho gostou da blusa que comprei aqui! Tem pra criança?
- "TEMPRA".

Na onda dos protestos! 
- Passei da entrada correta. Tem de dar a volta?
- "TENDE".

- Eu vou dar esse convite para dois a ela. Será que ela tem com quem ir?
- "TENCOM".


Viu? Não é estranho e sem sentido? O mesmo é com o TENQUE! Respondam apenas TEM. 

- Tem mesmo que ser assim?
- TEM!


A CORUJA CORUJA, ORAS!

Eis aqui os nomes dos sons que os animais emitem.


Abelha: azoina, zoa, zonzoneia, zumba, zumbe, zune, zunzuna
Abutre, aço: crocita, grasna
Águia: crocita, grasna, grita, guincha
Andorinha: chirla, chilreia, gazeia, gorjeia, pia, pipila, trinfa, trissa, zinzilula
Anho: bala, bale
Arara: charla, grasna, grita, parla, taramela
Asno: vd. Burro
Avestruz: grasna, ronca, ruge
Baleia: bufa
Beija-flor: arrulha, rufla, trissa
Besouro: zoa, zumbe, zune
Bezerro: berra, muge
Bisonte: berra, brama, muge
Bode: bala, bale, berra, bodeja, gagueja, regouga
Boi: muge, arrua, berra, ronca, urraBorboleta: cicia
Búfalo: berra, brama, muge, sopra
Burro: zurra, orneia, orneja, urneja, rebusna, relincha, zorna
Cabra, cabrito: berra, bale berrega, barrega, bezoa
Cachorro: ainha, gane, ganiza, late
Camelo: blatera, ronca
Canário: canta, chilreia, estridula, gorjeia, grazina modula, pia, trina, trila, trina
Cão: ladra, late, gane, rosna, uiva, ulula, acua, balsa, cainha, graniza, latica,
Carneiro: berra, bala, bale, berrega, regouga
Cavalo: relincha, rincha, nitra
Cegonha: grita, glotera, grasna, grita
Chacal: uiva, chora, grita, late
Cigarra: buzina, canta, fretene, chia, chichia, cicia, cigarreia, estridula, estrila, rechia, rechina, retine, zangarreia, zine, zizia, silva
Cisne: canta, arensa
Cobra: sibila, assobia, chocalha, guizalha, silva
Codorniz: canta
Coelho: chia, guincha
Cordeiro: bale, bala, berrega
Coruja: coruja, pia
Corvo: crocita, grasna, corveja
Cotovia: canta, gorjeia, assobia
Crocodilo: chora, grasna, brame
Cuco: cuca, cucula
Doninha: chia, guincha
Égua: vd. cavalo
Elefante: barre, brame, ronca, trobeteia, urra
Falcão: crocita, pia, pipia
Gafanhoto: chichia, zizia, zumbe
Gaio: grasna, gralha
Gaivota: grasna, guincha, pipila
Galinha: cacareja, carcareja, carcareia, cocoreja
Galo: canta, cucurita, cucurica, clarina, cocoria
Ganso: grita, grasna, grassita
Garça: gazeia, arrulha
Gato: mia, resbuna, resmoneia, ronca, ronrona, roufenha, rosna, bufa, sopra
Gavião: atita, guincha, grita
Gazela: berra, grita
Girafa: chora
Gralha: gralha, gralheia, grasna
Grilo: canta, estridula, estrila, grilha, guizalha, trila, tritina
Grou: grulha, grasna, grugrulha, grui
Hiena: uiva, chora, gargalha, gargalheia, gargalhadeia, urra
Hipopótamo: grunhe, ronca, sopra
Jaguar: vd. onça
Javali: grunhe, ronca, rosna, ruge, arrua, cuincha
Jumento: azurra, orneia, orneja, rebusna, zorna, zurra
Lagarto: geca
Leão: ruge, urra, brama, brame, freme, rosna
Lebre: chia, berra
Leitão: cuincha, cuinca, bacoreja
Lince:ronca
Lobo: uiva, ulula, ladra, bufa
Lontra: chia, guincha, assobia
Macaco: guincha, chia, assobia, cuincha, charla
Melro: assobia, canta
Morcego: farfalha, trissa
Mosca: zoa, zine, zumbe, zune, zumba zizia, zonzoneia, zunzuna, sussurra, azoina
Mosquito: zumbe, trobeteia, zoina
Onça: esturra, mia, ruge, urra, geme, urra
Ouriço: ronca
Ovelha: bale, bala, berra, berrega
Pantera: mia, rosna, ruge
Papagaio: parla, fala, charla, charleia, fala, parlreia, taramela, tartareia, regouga
Pardal: chilreia, chilra, chia, pipila, grazina
Pato: grasna, grasne, grassita, guauaxa
Pavão: grita, pupila, canta
Peixe: ronca
Pelicano: grasna, grassita
Perdiz, perdigão: cacareja, pia, pipia, ronca
Periquito: charla, charleia,chirleia, grasna parla
Peru: gorgoleja, grugruleja, grugrulha, grulha, cacareja, bufa
Pica-pau: estridula, restridula
Pintarroxo: canta, gorjeia, trina, assobia, gorjeia
Pintassilgo: canta, chilreia, geme, gorjeia, modula, trina
Pinto: pia
Pombo: arrulha, geme, rulha, suspira, turturilha, tuturina
Porco: grunhe, ronca, guincha
Poupa: arrulha, geme, rulha, turturina
Rã: coaxa, grasna, engrola, malha, rouqueja
Raposa: regouga, ronca, uiva, grita
Rato: chia, guincha
Rinoceronte: brame, grunhe, bufa, grunhe
Rola: geme
Rouxinol: canta, gorjeia, trina, chilreia
Sapo: coaxa, gargareja, grasna, grasne, ronca, rouqueja
Serpente: assobia, silva, funga
Tentilhão: canta, trina, gorjeia
Tigre: ruge, brame, mia, ruge, urra, brada
Toupeira: chia
Touro: muge, berra, urra, bufa, sopra
Tucano: charla
Urso: brame, brama, ronca, ruge, chora
Vaca: muge, berra, rebrama
Veado: brame
Vitela: muge, berra
Vespa: vd. abelha
Zebra: relincha, zurra, ronca

Fonte: http://www.ciberduvidas.pt/pergunta.php?id=13158

AUTOCONTROLE*

‎- Lili, o que é AUTOCONTROLE?

- É escrever "Deus te ABENÇOE" sem colocar o til em cima do O!!

Galera, "abençõe" é só para os fanhos, no máximo!















*Para Juliana Peixoto, aquela linda!

AÍ BATEU AQUELA DOR DE BARRIGA...

Se você costuma dizer que teve uma desinteria, eu não te julgo. Afinal, praticamente todo mundo fala assim... Mas,............ Não está correto!

O certo é DISENTERIA. 

De qualquer forma, se esquecer depois, troque por desarranjo. rsrsrsrs.



Ah, e lave a mão depois, hein! 

MOMENTO DESABAFO!

Olá, turma!!

Ando muito ausente. Eu sei...

Não estou nada contente com isso, mas foi uma questão de força maior.

Quero muito retomar as aulinhas rápidas, mas, antes, gostaria de dizer uma coisinha: fico mais do que feliz quando vejo comentários e discussões aqui no blog sobre os posts. Eu gostaria de responder todos, mas nem sempre consigo. Eu recebo e-mails com perguntas e sempre que posso eu respondo. Demoro às vezes, mas respondo.

E aqui, tento fazer o mesmo, mas é complicado porque a partir de uma resposta, vem outra pergunta e assim por diante (e NÃO "por em diante" como eu já ouvi por aí, hehehe). Desculpem-me por isso, mas, por favor, continuem comentando e dando ideias porque eu leio TUDO o que vocês escrevem e isso me lembra ou me da ideias de novas dicas da Língua.

Outra coisa que eu gostaria de pedir é que me avisem se eu falhar em alguma coisa. Recebo muitos comentários me criticando, me questionando de onde tirei isso, de onde tirei aquilo, que é mentira o que eu estou dizendo, que não faz sentido... Mas eu pesquiso sempre e me formei nessa área. Não haveria por que inventar ou mentir... E se alguém quiser colaborar ensinando mais coisas, por favor, não hesitem.

Enfim, agradeço a todos que continuam visitando o blog e comentando.

Não parem. Eu também não vou parar!! ;-)

Bjs,
Lili


PARECE, MAS NÃO É!*

A doença transmitida por ratos é a lectospirose. Certo?
Não. É a LEPTOSPIROSE.

Aquele arroz de grãos grandes e que fica sempre soltinho é o tipo parbolizado?
Não. É PARBOILIZADO.

O Marley (aquele cãozinho do livro/filme) é um lavrador. Certo?
Não. É um LABRADOR.












Uma rua cheia de árvores é uma rua arvorizada. Certo?
Não. É uma rua ARBORIZADA.


Duas casas iguais são casas germinadas. Certo?
Não. São GEMINADAS (de gêmeas, duplicadas).
(Quer dizer... Se sua casa foi algo que brotou na terra, aí está certo! rs)



*Tópico incentivado por meu amigo Aldieris Nunes.

PRA QUE SERVE O CÓCCIX MESMO?

Uma amiga fofa ontem me perguntou qual o plural de CÓCCIX? Na hora pensei: opa, essa vai para o blog!

Antes do plural, a pronúncia correta: "kóksis"

No plural, funciona como tórax, ou seja, não muda:

O tórax, os tórax
O cóccix, os cóccix

E qual a função do cóccix? Ouvi dizer que é uma "herança" de antepassados que tinham caudas... Eu hein... Ainda bem que eu evoluí!

Imagem: http://s.silva777.sites.uol.com.br/org_vest.htm