DOLORIDO OU DOLOROSO? QUAL A DIFERENÇA?

Ah, esse é simples:

DOLOROSO é o que causa a dor.
DOLORIDO é o que sofre a dor.

Ex.

Tomar uma Benzetacil é muito DOLOROSO. Deixa o corpo todo DOLORIDO.

A morte de um querido é algo muito DOLOROSO.

Bati o braço na quina da mesa e agora ele está muito DOLORIDO.

POR QUE VOCÊ QUER SEPARAR O SUJEITO DO PREDICADO DELE? POBREZINHO...

Qual o problema com a sentença a seguir?

Aquele gato branco peludo e de olhos azuis, adora brincar com bolinhas de papel.

A questão é a vírgula. Não se separa sujeito do predicado por vírgula. O sujeito não é só o "gato", mas sim "aquele gato branco peludo e de olhos azuis".

Acredito que a confusão é por conta de o sujeito ser muito comprido às vezes. Mas isto não muda a regra: sujeitinho ou sujeitão, ele não pode se separar de seu predicado. A não ser que haja um aposto (uma explicaçãozinha sobre o sujeito).

Ex.:
Aquele gato branco peludo e de olhos azuis, que atende pelo nome de Mingau, adora brincar com bolinhas de papel.

Aí tudo bem, pois um aposto deve estar entre vírgulas mesmo.

DILMA ROUSSEFF É PRESIDENTE OU PRESIDENTA?

Valem os dois:

"Ela é presidente" ou "Ela é presidenta".

Eu sei que a segunda opção não é muito aceita pela maioria dos ouvidos, porém é correto dizer presidenta sim.

Mas vejam como nossa língua não é tão má: ela deu a opção presidente...

Ou seja, você escolhe!