ESTÁ DIFÍCIL? QUER QUE EU “AJUDE” OU QUER QUE EU “AJUDO”?

É assim:

Quando queremos expressar certeza, usamos o verbo no indicativo, seja presente, passado ou futuro: Eu AJUDO / Eu não AJUDEI / Eu AJUDAREI.

Mas quando queremos expressar situações de hipótese, suposição, desejo, expectativa, necessidade e outras semelhantes, usamos o verbo no subjuntivo: Eu não quero que você AJUDE.
(Nossa, soou meio grosseiro esse exemplo... Devia ter usado outro. Agora já foi. Rsrs)

Logo:

Você quer que eu VOU? – errado
Você quer que eu VÁ? – certo

Você quer que eu LIGO? – errado
Você quer que eu LIGUE? – certo

Você quer que eu PEGO? – errado
Você quer que eu PEGUE? – certo

Ele quer que eu FAÇO. – errado
Eler quer que eu FAÇA.– certo

Eu preciso que ele VAI. – errado
Eu preciso que ele VÁ. – certo

Aproveitando: o verbo PERDER sofre um pouquinho mais nesses casos do que os outros. O problema é o PERDA e o PERCA.

PERCA só usamos no subjuntivo: Não quero que você PERCA tempo.

PERDA é um substantivo: Visitar este blog não é uma PERDA de tempo... (rs).

Comentários

  1. Maravilha seu blog! Entro por aqui sempre.
    Beijos Ana Luiza

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ana! Que bom que você tem gostado!
    Beijos de volta,
    Lili

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia,lili!Quanto a "perca" e "perda" gostaria de saber se o sentido está correto na seguinte quadra:
      Numa perda o peito explode
      Por que a gente não pensa,
      Que após a perda pode
      Surgir uma recompensa. (leandro leite)

      Excluir
  3. Oi Lili! Qual pergunta está correta?

    É melhor marcar a reunião de manhã ou à tarde?
    É melhor marcar a reunião pela manhã ou à tarde?

    ResponderExcluir
  4. Olá!!

    Os dois estão corretos (pela manhã ou de manhã)!

    bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

SEGUE OU SEGUEM OS ARQUIVOS?

QUE HORAS SÃO? HORA DE APRENDER AS HORAS!